Matheus Burigo, estrela do MasterChef Júnior, no Iguatemi Campinas
Inauguração da Pop UP Store no Iguatemi Campinas
A Beleza da Vida em Livro – Marco Antônio de Biaggi
Iguatemi Campinas recebe exposição Maravilhas do Corpo Humano
Lisandra Souto e Gustavo Fernandes se Casaram

A Cidade das Águas também é a Cidade do Circo

fotosgiselle13

Cultura.Quanto mais a gente compartilha, mais ela se multiplica.

Pessoal, o Festival Mundial de Circo arma o picadeiro, pela terceira vez consecutiva, em Caxambu. Esse lindo está encerrando hoje, foi de 13 a 18/10, e sempre traz para a cidade uma atmosfera de alegria, diversão e encanto.

A programação contou com espetáculos circenses nacionais e internacionais, além de oficinas, mostra de filmes e exposição em diversos lugares da cidade. Vale lembrar que toda a programação foi gratuita.

A minha querida irmã Giselle Pereira, que é colaborada do Blog Ronienfoque, registrou vários momentos do belo festival para nós! Muito obrigada querida Gi, pelos vídeos e fotos, ficaram lindos! Parabéns!

O maior espetáculo da terra vai começar! 

fotosgiselle12 fotosgiselle02 fotosgiselle01 fotosgiselle03 fotosgiselle04fotosgiselle05fotosgiselle06fotosgiselle07fotosgiselle08fotosgiselle14fotosgiselle16fotosgiselle17fotosgiselle15fotosgiselle10fotosgiselle18fotosgiselle11fotosgiselle09

Vídeo by Giselle Pereira

As atrações:

Blast

Baseado em um sonho original, Blast é um concerto de circo que reúne em cena 18 artistas indomáveis e virtuosos vindos de várias partes do mundo. O espetáculo é uma deflagração de circo e música em que as acrobacias ressoam como palavras que querem finalmente dizer alguma coisa. Gestos mudos, gestos chorados que ainda não acharam lugar sobre os nossos lábios.

Domesticando a vertigem e o medo com ternura, Blast provoca momentos de graça e emoção que preenchem a alma de alegria. Seu desenvolvimento descreve cena após cena, certa idéia de anarquia. A anarquia da poesia e dos sonhos que, às vezes, fica colada nas paredes do coração, na saída de uma apresentação ou no começo de uma historia de amor.
Duração: 60 min

Concerto em Ri Maior

Uma comédia musical que surgiu a partir de jogos de improvisação de palhaço com a música. Na peça, o maestro e palhaço Wilson Chevchenco apresenta um concerto baseado em sua origem russa e conta com a ajuda de Sarrafo, seu fiel amigo, para executar as obras de sua família e ser compreendido pela plateia, já que não fala o idioma português. O espetáculo tem muita música, dança, improvisação, participação da plateia e, claro, muita palhaçada!
Duração: 50 min

Porongo Vaudeville

Porongo Vaudeville faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo, e do humor, cria um vaudeville urbano, atual e popular. Entre cabaret bizarro e musical hollywodiano, este espetáculo toca os grandes temas que sempre tem preocupado o homem: o significado da vida, a morte, o amor, a violência, a amizade, as contas, o medo do desconhecido. São cinquenta minutos de ridículas incongruências baseadas na arte de fazer rir.

Reprise

Dois palhaços descobrem que foram contratados pela mesma pessoa para apresentarem no mesmo local e no mesmo horário. Depois de infrutíferas tentativas de provar um ao outro as habilidades no picadeiro, decidem realizar o trabalho juntos. Eles descobrem que em dupla os talentos se multiplicam!

Para encenar uma metáfora sobre a amizade nos dias de hoje, o grupo utiliza técnicas de reprises clássicas (tradicionais atos de palhaços de circo) como eixo para o roteiro, buscando construir simbolicamente uma interpretação da construção e fortalecimento das relações humanas.

Pelo Cano

Em Pelo Cano duas palhaças vivem pequenas situações que revelam sua forma de interagir com o mundo, em geral ridícula e catastrófica.

Elas utilizam objetos: dinheiro, fita crepe, sifão de pia. Trabalham eles de diferentes formas que escapam da sua função cotidiana e utilitária. Eles ajudam a revelar a inaptidão do palhaço com a vida, sua forma enviesada de resolver as situações e seu dom de transformar a realidade.

O Circo do Só Eu

O majestoso Circo do Sol, com todas as suas atrações fenomenais, aceitou prazerosamente, o convite para se apresentar nesta cidade, até que recebe outra proposta mais lucrativa e decide cancelar, de última hora, a apresentação do espetáculo. Zabobrim, o palhaço, vem até vocês tentar apresentar sozinho o grande show com números de equilíbrio de pratos, macacos em monociclo, hipnose, mágica, acrobacia, música e muito mais!

Parque so circo – Circuito de Brinquedos

(idealização Gonzallo caraballo e lua Tatit)

O Parque do Circo é um circuito de brinquedos inspirado nas diferentes técnicas circenses e destinado ao desafio corporal. Crianças, jovens e adultos podem participar e interagir com a ajuda de monitores especializados que orientam e estimulam o participante a conquistar novas habilidades corporais.

No Parque do Circo estão disponíveis diversos circuitos de atividades temáticas: Malabares, Pontaria, Equilíbrio, Jogos Coletivos, Técnicas Aéreas e Acrobacias. O visitante escolhe os brinquedos pelo seu interesse criando seu próprio circuito de atividades.

Tem também: Globo da morte, Busca de novos talentos, mostra de filmes

A Codemig e o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio do programa Minas de Todas as Artes, investem como nunca na Indústria Criativa. Até o momento, já foram lançados dois editais de apoio a setores da economia criativa: um de incentivo à Produção Audiovisual e outro voltado para a Gastronomia. E, para saber como participar, é só acessar www.codemig.com.br. Minas de Todas as Artes. Um investimento com retorno garantido no talento e na criatividade de todos os mineiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*