Risoto de Tomate seco e rúcula delicioso!
Marina… Momentos que se foram, Memórias que ficaram…
Tire os sapatos ao entrar em casa
Coque Baixo um Clássico que nunca sai de Moda
Depois dos 40 anos não há depois, é tudo agora!

Acido Tranexâmico uma promissora opção no tratamento de manchas e melasmas

shutterstock_99835262

Pessoal, uma das novidades do momento para o tratamento de manchas e Melasmas é o Acido Tranexâmico. Eu estou com umas pequenas manchinhas quase não da pra perceber. Porém,  temos que prevenir para que essas manchas não virem melasmas no futuro não é mesmo! Cuidado e prevenção sempre!

Estou usando o Acido Tranexâmico em cápsulas por recomendação da minha querida dermatologista Dra. Ana Paula Azevedo da Clinica Silk.

O ácido tranexâmico é um agente antifibrinolítico, que age através de competitivo, inibindo a ativação do plasminogênio à plasmina. A plasmina é a proteína responsável pela dissolução do coágulo sanguíneo. O ácido promove, assim, maior estabilidade do coágulo, sendo bastante utilizado no dos episódios hemorrágicos nas hemofilias, doença de von Willebrand (DVW) e doenças hemorrágicas.

Ele promove uma proteção em relação ao sol e outras agressões externas, evitando o aparecimento do melasma. Ele tem um mecanismo que inibe a plasmina e, através deste mecanismo, consegue evitar todas as inflamações desencadeadas por essas agressões externas.

O ácido tranexâmico é um tratamento promissor para melhorar as mancha e melasmas.

Substâncias como o ácido tranexâmico são muito estudadas e demonstram cientificamente, que podem ajudar no controle do melasma. No entanto, elas devem ser prescritas pelo médico dermatologista que conhece o mecanismo desses medicamentos e pode indicar doses corretas e também evitá-las em caso de contra-indicações especificas.

“Dra Ana Paula Azevedo reforça que nem todas as pessoas podem usar e por isso a importância de uma avaliação médica”.

acido

Vantagens do uso do Ácido Tranexâmico:

  •  Clareamento e prevenção da pigmentação
  • Reduz ou remove a pigmentação da pele
  • Previne e/ou trata pigmentações como cloasmas, sardas, manchas causadas pelo sol, pele enegrecida, e melanodermia causados por drogas como corticoides e anticoncepcionais.
  • Minimiza manchas da pele causadas por exposição ao sol.
  • Anti-inflamatório
  • Age sobre a condição inflamatória crônica moderada nos locais de pontos, para suprimir ativação de melanócitos.
  • Inibir ou melhorar a aspereza da pele
  • Restaurar a pele danificada pelos raios UVA / UVB, poluição ou outros fatores ambientais.

O melasma é traiçoeiro e piora mesmo na sombra, pois está sujeito a vários estímulos como: sol, calor, estresse, remédios e irritações locais. O exato mecanismo que favorece o aparecimento desta mancha não está totalmente esclarecido.

Proteger sempre a pele com filtro solar, de preferência físico, com numeração alta e com cor.

Melasma

Todos sabemos o quanto o melasma é perturbador para seus portadores. Essa mancha não é simplesmente o excesso de melanina, mas sim um conjunto de alterações que favorece um desequilíbrio no melanócito que responde exageradamente a vários estímulos. É por essa razão que o melasma, além de piorar com o sol e o calor, também piora com a pílula anticoncepcional, remédios, doenças e estresse.

Nota-se que cada vez mais que o melasma é explicado como uma reação inflamatória causada pelo melanócito que se desequilibra, e as substâncias que, de alguma forma, cortam as vias metabólicas dessas inflamações, podem proteger a pele e clareá-la

O melasma tem tratamento e não pode atrapalhar sua vida.

Agende uma consulta com o seu dermatologista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*